quarta-feira, 11 de maio de 2011


ele: olá, tudo bem? pareçe que me tens evitado.

ela: (tenho evitado sim, mas não queria que o notasses. tenho lutado todos os dias por ti, mas nem sequer reparo que estou a lutar por algo impossivel, a minha vergonha é demais, é tanto que não consigo sequer olhar-te nos olhos, será que reparas-te nisso também? espero que entendas que me afasto porque te amo. infelizmente não consegues ler as linhas do meu rosto ainda, mas se olhasses sequer para mim, quando te ris para outra percebias. ás vezes penso o que elas terão a mais do que eu, o que elas têm de especial para as escolheres, e eu continuo aqui burra à esperar por ti, sem te conseguir dizer nada.) - sim, está tudo bem ! impressão tua, e contigo está tudo bem?

ele: (queria poder dizer que sim, mas não. cada vez me aperta mais o coração, olhar para ti foi uma das coisas mais lindas que fiz até agora, mas cada vez custa mais só poder olhar.
esse olhar doce, que não me consegue olhar nos olhos, será que me desprezas assim tanto? não devo ser mesmo o teu ideal de rapaz, quem me dera que te risses para mim como te ris para ele, um sorriso doce. todas as noites penso em loucuras, já cheguei a pensar ir ter com ele, para lhe perguntar o segredo de conquistar esse teu coraçãozinho de ouro, mas continuo aqui a sofrer de amor, amo-te) - sim, muito bem! (:


(inventado)

10 comentários:

ana minhalma disse...

adoro! pode ser inventado mas ás vezes acontece mesmo.

ana minhalma disse...

concordo plenamente!

Catarina disse...

e é uma chatice quando acontece :/

Catarina disse...

ainda bem que me compreendes :D

inês disse...

se houver 'elas' tenho a certeza que as superas! adoro-te meu amor

Catarina disse...

Obrigada *.*

O teu post está lindo. às vezes as pessoas sofrem sem necessidade nenhuma. Apenas lhes falta coragem para dar o passo que falta.

jo disse...

fantástico!

carina lopes disse...

adorei :)

patricia disse...

és uma autêntica princesa minha inês !

carina lopes disse...

adoro :)