segunda-feira, 23 de maio de 2011

parte III



o meu telemóvel treme, acordo um bocado sobressaltada, "obrigado tele" , agradeço porque estava a ter outra vez aqueles pesadelos que não me iriam deixar dormir, como é muito óbvio.
olho para as horas, quatro e oito da noite, quem me terá mandando uma text messege a esta hora?! 
acabo por abrir o tele, inês:
"Marianinha, acho que ontem de manhã te vi, não tive certeza porque chamei e ninguém me respondeu de volta.
 Espero que esteja tudo bem, já não te vemos há imenso tempo (e tu fazes-me imensa falta), espero que nos contactes em breve.
Adoro-te princesa !"
agora sei que foi a Inês, ela tem razão já não vejo a malta ao tempo, mas sinceramente não me apetece nada sair, os motivos já se foram, e agora que vejo bem já passou da meia noite (mais um dia viva sem vontadinha nenhuma de viver).
está a chover torrencialmente lá fora, e a trovojar bastante, nem sei que ficar a fazer, mas ouvir aquilo não era certamente o mais agradavél, a minha cama neste momento fazia-me sentir segura, ao menos é domingo.
batem-me à porta:
- Quem é? - grito
- Sou eu mar - diz a minha princesinha
chama-me assim desde muito pequena ! abre a porta muito devagarinho, com o seu 1,20m, com o qual eu me delicio e sorri.
(..) a minha mãe diz que ela é muito pareçida comigo, até que gosto disso !
- Que se passa princesa? Devias de estar a dormir, é tarde.
- Tenho medo da chuva !
- Medo da chuva? Porque?! é apenas água.
- Porque a primeira vez que foste embora por muito tempo e me deixas-te, eu não te podia procurar porque estava a chover muito. Foi o que a mamã me disse. Não quero que me deixes outra vez !
gostava de também querer ficar cá, mas o meu lugar é com ele, e ele esta neste momento bem longe. (contive-me para não chorar), porque já não tenho mais nada de mim para dar, e acabo por responder :
- Eu nunca te vou deixar minha razinhã, anda aqui para o pé da mana.
abro-lhe um espaço ao meu lado na cama, ela deita-se, enquanto isso beijo-lhe a pequena testa. Não tarda a adormeçer.
sinto a sua respiração leve, e isso acalma-me, talvez consiga dormir outra vez, ou talvez não....
(continua)

8 comentários:

Anónimo disse...

Gostei muito amor (:

Venha a proxima xp

Amo-te <3

Rafa disse...

gostei

ritag. disse...

adorei, espero pela continuação *.*

ana pinto disse...

e serei, muito obrigada (:

Gonçalo disse...

Esta parte ficou muito boa :)

Martinha disse...

ainda dizes tu que está feio, que lindo amor, que lindo o:
Quero ler a próxima parte !
amo-te .

inês disse...

está lindo!

sofia disse...

muito obrigada querida, gostei *-*